Palmas-TO, 20 de agosto de 2018

WebMail

UFT e governo do Tocantins assinam convênio para especialização com 400 vagas ofertadas

Atualizado em: 08/03/2018 09h38

A partir deste semestre, em cada um dos 139 municípios do Tocantins poderá ter alguém representando a Universidade Federal do Tocantins (UFT) como estudante. Isso porque, através do Observatório de Pesquisas Aplicadas ao Jornalismo e ao Ensino (Opaje), a instituição firmou convênio com o governo estadual nesta terça-feira (7), no qual serão ofertadas 300 vagas para servidores estaduais na segunda turma da especialização em Gestão Estratégica da Inovação e Política de Ciência e Tecnologia, na modalidade de Ensino a Distância (EaD). A previsão é que o primeiro módulo se inicie ainda em abril. 

O coordenador do Opaje, Gilson Pôrto, explica as atribuições de cada agente na parceria. "O estado será responsável pelos custos de manutenção dos 300 servidores. Enquanto o Opaje oferece a expertise, o projeto pedagógico e a disponibilização de outras 100 vagas para a sociedade em geral".

Para a vice-reitora da UFT, Ana Lúcia de Medeiros, é um momento para celebrar. "É uma área estratégica para o Estado e estratégica para o Brasil. A gente espera que seja a primeira de muitas outras em diferentes áreas de conhecimento".

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Raphael Sanzio, comenta que a parceria tende a melhorar a percepção da sociedade sobre os efeitos da universidade. "Acredito que uma das principais contribuições do curso ser ofertado para servidores do todo o Tocantins é que eles serão multiplicadores de uma nova mentalidade: a necessidade de se realizar a transferência do conhecimento gerado na universidade para a população".

Do ponto de vista do governo estadual, a capacitação através desta pós-graduação servirá de motivação para os servidores, segundo o governador Marcelo Miranda. "O servidor capacitado nos trará bons resultados. Ele vai contribuir com o Tocantins".

O curso

A especialização terá duração de 12 meses, com carga horária de 390 horas e no sistema de Educação a Distância. Apenas a aula de abertura e o encerramento do curso serão presenciais. A intenção é que a pós-graduação tenha início ainda neste semestre.

Fotos: Daniel dos Santos

Fonte: UFT