Palmas-TO, 27 de setembro de 2022

WebMail

Georreferenciamento de Assentamentos Federais na Região Amazônica recebe veículo para pesquisa

Atualizado em: 02/08/2022 19h09

Buscando assegurar as condições ambientais da floresta Amazônica e a sustentabilidade dos assentamentos localizados no norte do do país, uma equipe de especialistas e docentes da Universidade Federal do Tocantins (UFT), em parceria com a Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto), vem desenvolvendo desde 2021, uma pesquisa do Georreferenciamento em Projetos de Assentamento Federais na Região Amazônica. Para dar suporte às etapas de monitoramento da pesquisa, a equipe responsável pelo projeto, recebeu na tarde desta terça-feira, 02, um veículo - modelo camionete traçada, para auxiliar no levantamento do estudo de campo.

De acordo com o coordenador do projeto, professor Dr Aurélio Picanço, o foco principal do trabalho de pesquisa é garantir a proteção social e ambiental deste território. “No momento, o projeto está desenvolvendo diversas etapas de forma simultânea, em especial o trabalho de levantamento da relação das glebas, que são terrenos próprios usados para o cultiva, e dos projetos de assentamento no qual estão detalhado dentro do termo de Execução Descentralizada da UFT com o INCRA”, conta.

O coordenador explica o veículo ajudará no transporte dos técnicos da Universidade que farão a fiscalização do trabalho campo. “O veículo será usado como apoio durante a fiscalização na região estudada. Fechando esta etapa, vamos para o desenvolvimento das pesquisas com as informações levantadas”, observa, lembrando que a previsão de término da pesquisa é para o final deste ano.