Palmas-TO, 27 de novembro de 2022

WebMail

Membros do Conselho Superior da UFNT autoriza a Fapto ser a Fundação de Apoio da instituição

Atualizado em: 06/07/2022 11h15

Durante a terceira Reunião Extraordinária do Conselho Superior Provisório (CONSUPRO) da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) realizada de forma virtual na tarde desta terça-feira, 05, foi deliberado pelos membros do Conselho a autorização para a Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto) ser tornar a Fundação de Apoio da instituição. Para a conclusão do processo, a decisão dos membros segue para análise do grupo de apoio técnico formado por representantes do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações o (MCTI).

O diretor-geral da Fapto, Léo Araújo, que também participou da reunião, lembra que a Fapto já reconhecida como fundação de apoio da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), agora caminha para apoiar também as atividades acadêmicas e de pesquisa da UFNT. “Ao longo dos anos, a competência adquirida em gestão de projetos credenciou a Fapto a apoior as principais instituições de ensino superior do Estado, permitindo assim que a Fundação busque também a autorização do MEC/MCTI para apoiar a nova universidade”, reforçou a diretor.

A diretora técnica da Fapto, Fernanda Fernandes, explica que para disciplinar a relação entre as fundações e as instituições apoiadas, é preciso do credenciamento para ser fundação de apoio da instituição um pedido de autorização específico perante o Grupo de Apoio Técnico (GAT), formado por representantes dos dois ministérios. “Além de prestar serviços utilizando as competências existentes nas instituições apoiadas, a Fapto também pode realizar a gestão de recursos públicos orçamentários que serão utilizados para a realização de um projeto específico. Baseada na legislação, a Fundação realiza a gestão administrativa e financeira destes projetos”, ressalta a diretora observando que a autorização é uma formalização da representação da Fundação às instituições.