Palmas-TO, 27 de outubro de 2021

WebMail

Ranking do AD Scientific Index: 58 pesquisadores da UFT estão entre os mais influentes e produtivos do mundo

Atualizado em: 08/10/2021 14h46

Foi divulgado este mês o ranking do AD Scientific Index, que lista os pesquisadores mais influentes e produtivos do mundo. Na listagem, constam 58 pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins (UFT), sendo muitos deles pesquisadores e coordenadores de projetos da Fundação de Apoio Científico do Tocantins (Fapto) que se destacaram pelo desempenho - em termos de produção - e impacto de seus estudos, em seus respectivos campos de pesquisa. O Índice é um dos mais importantes no campo científico - e utiliza critérios bastante sólidos para determinar quais são os melhores pesquisadores envolvidos.

"Na UFT, 58 pesquisadores foram - por mérito - internacionalmente reconhecidos como produtivos e relevantes para a Ciência. É um reconhecimento muito válido perante a sociedade e, também, junto às agências de fomento, como Capes e CNPq, uma vez que demonstra que os recursos recebidos têm se traduzido em artigos científicos, patentes, livros, que fazem a diferença no mundo", destaca o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFT, Raphael Sanzio Pimenta.

A diretora da Fapto, Fernanda Fernandes, destaca a dedicação do time de pesquisadores da UFT, que incansavelmente trabalham em estudos e pesquisas buscando soluções para tornar o dia a dia da sociedade mais prático e com mais qualidade de vida. "A área da ciência é uma das mais promissoras e necessárias para o mundo. Afinal, é por meio dela que novos dispositivos eletrônicos são criados, que medicamentos e tratamentos para várias doenças surgem, que aspectos da natureza são compreendidos e que formas de viver em sociedade são estudadas e aprimoradas. A Fapto se orgulha de contar com a confiança do grupo de docentes pesquisadores da UFT", revela a gestora.

Veja a relação aqui