Palmas-TO, 19 de setembro de 2021

WebMail

UMA e gestores de Tocantínia planejam o início das atividades da Universidade na cidade

Atualizado em: 22/07/2021 15h57

Coordenadores da Universidade da Maturidade (UMA) estiveram reunidos com representantes da Prefeitura de Tocantínia, em Palmas, para planejar as estratégias de matrícula, seleção da equipe e logística de funcionamento para as atividades da Universidade na cidade. Tocantínia será a primeira cidade do Brasil a receber um polo para atender idosos indígenas com um espaço de convivência social voltado para o envelhecer sadio.

Na ocasião, o coordenador da UMA e professor Dr. Luiz Sinésio Neto, aproveitou para reforçar a proposta pedagógica da Universidade da Maturidade aos presentes. “A proposta da UMA está voltada à melhoria da qualidade de vida da pessoa adulta e dos idosos, buscando a integração dos mesmos com os alunos de graduação. Em Tocantínia, como nos demais municípios que têm polos da UMA, as atividades serão adequadas para responder às necessidades específicas de pessoas acima de 45 anos, com atividades físicas, culturais e sociais”, citou o coordenador.

Durante o encontro, o secretário de Educação de Tocantínia, André Goveia, recebeu materiais bibliográficos para compor a biblioteca do Polo da cidade, além de cestas básicas para os alunos que serão matriculados.

Dentre os participantes da reunião, estiveram presentes, além do secretário André Goveia, Dra. Neila Barbosa Osório e o Dr. Luiz Sinésio S. Neto, coordenadores da UMA no Estado do Tocantins, bem como, o coordenador do Polo da UMA em Tocantínia, Armando Sõpre Xerente.