Palmas-TO, 24 de novembro de 2020

WebMail

Live apresenta a primeira plataforma do país de monitoramento unificado da disponibilidade e demanda hídrica

Atualizado em: 24/07/2020 09h21

Acontece nesta sexta-feira, 24, às 16h, uma Live no Canal do YouTube do Tribunal de Justiça do Tocantins, para o lançamento da primeira plataforma do país de monitoramento unificado da disponibilidade e da demanda hídrica, denominada Gestão de Alto Nível em sua versão 2.0 (GAN 2.0). Para acompanhar a transmissão basta acessar no endereço eletrônico https://www.youtube.com/TJTocantinsnoticias.

O professor doutor em Recursos Hídricos, Felipe Marques, Presidente do Instituto de Atenção às Cidades (IAC) que também é coordenador geral do Projeto Gestão de Alto Nível, apoiado pela Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto), explica como o projeto contribui na análise dos dados de demanda e disponibilidade hídrica das bacias. “Enquanto as informações de precipitação, nível e vazão são carregadas no Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos – SNIRH da Agência Nacional de Águas - ANA, as leituras de vazão e volume das captações nos cursos d’água são transmitidas de estações de monitoramento remoto desenvolvidas e implantadas pelo Instituto de Atenção às Cidades – IAC da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em 94 captações para irrigação na bacia hidrográfica do rio Formoso no Tocantins. Essas informações são armazenadas, consistidas e disponibilizadas em mapas, gráficos e tabelas no Portal Espacial GAN 2.0 com livre acesso para todos”, relata lembrando o endereço de acesso http://gestaodealtonivel.iacuft.org.br.

Na Live de lançamento, irão participar além dos professores Felipe Marques e Ary Henrique do IAC/UFT, representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, da Agência Nacional de Águas e dos usuários de recursos hídricos beneficiados com o sistema. “A transmissão via YouTube será uma oportunidade de muitas pessoas saberem mais um pouco sobre como o projeto foi implementado, as etapas do estudo e a inovação tecnológica desenvolvida no Tocantins, que já está se expandindo para todo o Brasil”, avalia o professor da UFT, Diretor de Tecnologia da Informação do IAC e coordenador técnico do projeto Dr. Ary Henrique.