Palmas-TO, 13 de dezembro de 2017

WebMail

Peixes migradores da UHE Lajeado

Compartilhe:

Com o intuito em avaliar os impactos dos usos múltiplos da bacia do médio – alto Rio Tocantins, especialmente das hidrelétricas, sobre a organização dos ecossistemas aquáticos, o projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) “Identificação de larvas e delimitação de áreas críticas para a desova e desenvolvimento inicial de peixes migradores no reservatório da UHE Lajeado” é desenvolvido pela Universidade Federal do Tocantins - UFT e parceiros.

Dentre os principais objetivos do projeto estão a avaliação do efeito do barramento sobre as espécies de peixes migradores da bacia, com foco na região do reservatório do Lajeado, a identificação dos locais de reprodução e a produção de um manual de identificação de larvas de peixes migradores.

Para o desenvolvimento do projeto foi realizada etapas, tais como: levantamento de dados bibliográficos da bacia com ênfase nas espécies migradoras; identificação das larvas das principais espécies de peixes migradoras da região; identificação das áreas de desova e de desenvolvimento inicial destas espécies; delimitação da época de reprodução e o apontamento das áreas críticas para a reprodução das espécies aquáticas.

O projeto é desenvolvido pelo Núcleo de Estudos Ambientais da Universidade Federal do Tocantins em Porto Nacional-TO com apoio da Universidade Federal e Estadual do Rio de Janeiro, Universidade Estadual de Maringá e Investco. Participam também da sua execução, técnicos de nível superior contratados exclusivamente para o projeto, estudantes de mestrado, estudantes de graduação, pescadores, pilotos e outros prestadores de serviço.

Coordenadora: Elineide Eugênio Marques